Aumento da Dívida Pública Federal – Março de 2012



  

A Dívida Pública Federal, composta por endividamentos internos e externos, teve um aumento de 1,08% em março de 2012 ou, em reais, um aumento de R$ 19 bilhões, totalizando R$ 1,85 trilhão.

De acordo com as informações divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional, nesta segunda-feira (dia 23 de abril), em fevereiro deste ano a dívida estava em R$ 1,83 trilhão.

Segundo o Governo Federal, o fato da dívida ter subido no mês passado se deu, principalmente, por causa das despesas com juros, que foram de R$ 17 bilhões no período. Tudo isso porque, em março, foi registrado um resgate líquido, ou seja, vencimentos maiores do que emissões, no valor de R$ 1,98 bilhão.





Com relação à dívida interna, foi divulgado um avanço de 0,89% em março deste ano, um aumento de R$ 15 bilhões com relação a fevereiro.

Agora, para o Tesouro Nacional, é esperado que em 2012 a dívida pública avance entre R$ 83,6 bilhões e R$ 183,6 bilhões, totalizando entre R$ 1,95 trilhão e R$ 2,05 trilhões.

Com isso, o crescimento ficará entre 4,48% e 9,84%. Trata-se de uma previsão que consta no Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2012.

Por Anne A. Matioli Dias



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *