Crescimento Econômico do Chile em 2012

Santiago do Chile é uma das cidades sul-americanas que mais cresce por causa do turismo, assim como outros lugares chilenos que influenciam o crescimento econômico do país. Porém, este ano parece que esse crescimento vai ficar comprometido e deverá diminuir em índices significativos.

O Ministro das Finanças do Chile afirmou que embora a inflação tenha retrocedido, o crescimento econômico do país deve ficar abaixo de 6%. Com relação ao contexto internacional, o ministro declarou que este fato trás “condições bastante adversas”.



A fim de sustentar um crescimento no país, o Banco Central irá decidir se vai intervir ou não nesses assuntos, já que a instituição é independente para tomar as suas próprias precauções. A única esperança para alavancar tal crescimento foi a diminuição da inflação, que já registrou queda no primeiro mês de 2011.

Até o fim de 2013, o ministro analisa uma situação de desaceleração econômica, onde preços deverão subir cerca de 3% mais do que no ano passado.

Por Jéssica Monteiro 





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *