BM&FBovespa apresentou lucro líquido estável no 3º trimestre de 2011



  

O lucro líquido da BM&FBovespa no terceiro trimestre deste ano é de R$ 292 milhões, considerado estável em relação ao mesmo período de 2010.

Entre os meses de julho e setembro deste ano, a receita líquida da empresa obteve uma variação positiva de 0,9%, saltando para R$ 493,7 milhões. Entretanto, a Receita Federal contesta a operação que resultou em ganho fiscal para a BM&FBovespa.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, medidos pelo Ebitda, da companhia subiu para R$ 347,5 milhões, com uma alta de 2,5%. O índice tem uma margem de 70,4%, contra os 69,2% do mesmo período do ano passado.





Devido à crise que afeta países na Europa, o orçamento de investimentos, que antes girava entre R$ 235 milhões e R$ 255 milhões, foi revisado, e a companhia espera que fique no intervalo de R$ 180 milhões a R$ 210 milhões.

Veja também:  Ibovespa operou em Alta após aprovação da Reforma Trabalhista

A BM&FBovespa aprovou o pagamento de R$ 233,6 milhões em dividendos. O pagamento deve ser feito no dia 31 de janeiro de 2012, baseado no registro de acionistas de 17 de novembro deste ano. O montante a ser pago equivale a 80% do lucro líquido contábil.

Por Lorena Matuziro



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *