Ranking da Maior Taxa de Juro Real do Mundo – Brasil em 2º lugar



  

Um produto gerado nos Estados Unidos, por exemplo, tem custos bem menores em relação à mesma mercadoria que aporta no Brasil meses depois. As situações dessa recorrência vão desde aparelhos eletroeletrônicos a iPads e similares. Obviamente, existe diferença de cotações entre o dólar e a moeda brasileira, fator que vem acompanhado das temidas e altas tributações.

Matéria do portal R7 assinala que a manutenção da Selic, a taxa básica de juros, em 10,75% pelo Conselho de Política Monetária (Copom) sustenta o Brasil no topo da lista de nações com o maior índice de juros real de todo o planeta. Descontada a perspectiva da inflação, a taxa de juros real do país girará em torno de 4,8% nos próximos 12 meses.

Veja também:  Tesouro Direto bate Recorde de Operações em 2016




Preparado por Jason Vieira, analista internacional do Cruzeiro do Sul, e Thiago Davino, analista de mercado da Weisul Agricultura, o ranking assinala a África do Sul como 2ª colocada, com percentagem de 2%, seguida pela Austrália, com índice de 1,9%.

Entre as 40 taxas de juros mais elevadas do globo, a Selic tupiniquim situa-se no 2º lugar, atrás apenas dos vizinhos venezuelanos, onde o índice praticado ultrapassa 18%.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *