Economia Brasileira – Crescimento Balanceado – Expectativas para o 2º Semestre de 2010



  

Crescimento econômico sustentável é um entre os inúmeros objetivos endossados pelos candidatos à presidência deste ano como maneira de ganharam a confiança dos brasileiros e dos empresários. Nos últimos meses a economia brasileira tem se comportado bem, mesmo com as oscilações recentes observadas na zona do euro, especialmente por países como Grécia, Espanha e Portugal.

Perante a essas nações desenvolvidas o Brasil nutre bons números desde o princípio de 2010, quando a crise, de fato, começou a ser deixada para trás. Segundo a Serasa Experian, o Indicador de Perspectiva Econômica manteve-se estável em julho em comparação a junho, em 100,3 pontos, considerada a segunda estabilidade consecutiva após cinco quedas desde janeiro e até maio deste ano.

Veja também:  Economia brasileira em 2017




Para a Serasa, um desenvolvimento econômico mais balanceado estimado para o atual semestre, o segundo, poupa coações inflacionárias suplementares de demanda, então atinente ao excesso de consumo. Os economistas da entidade, segundo o Estadão, avaliam que o nível atingido no sétimo mês de 2010 sinaliza ritmo de crescimento da economia entre julho e dezembro compatibilizado com a taxa de desenvolvimento de longo prazo da economia do país.

São tomados como base a esse estudo a própria atividade econômica do país, as concessões reais de crédito às companhias e suas inadimplências e o número de consumidores com algum tipo de débito.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *