Taxa de Desemprego diminui em Agosto de 2010



  

Um dos dados mais consistentes para se comprovar o aquecimento de uma economia sem dúvida nenhuma é a geração de empregos. Em uma equação óbvia e lógica para se aumentar a atividade econômica é preciso investimento e geração de mais postos de trabalho, assim se produz mais, se vende mais, a demanda aumenta o que acaba obrigando o aumento da produção e de serviços e assim voltamos à outra ponta, necessitando-se de mais pessoas trabalhando e que terão mais renda alimentando o giro da roda. E este dado altamente importante no cenário atual do momento da economia brasileira é altamente positivo confirmando que o Brasil passa realmente por um momento de crescimento sustentável.

Veja também:  Salário Mínimo em 2017

E isto é comprovado na apuração da taxa de desocupação divulgada no último dia 23 de Setembro pelo IBGE, que foi a menor já registrada na série histórica desde o seu inicio de apuração no ano de 2002. Segundo o IBGE no mês de Agosto a taxa de desocupação registrada nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou na faixa de 6,7%. O recorde anterior pertencia ao mês de Dezembro de 2009 quando a taxa de desocupação ficou em 6,7% e era até então o menor resultado já apurado.

De Janeiro a Agosto a média desta taxa foi estimada pelo IBGE em 7,2%, decaindo 1,3 ponto percentual em comparação com o mesmo período do ano passado, conforme matéria do site economia.ig.com.br.

Veja também:  Salário Mínimo em 2017




Diante de um quadro tão favorável de crescimento da geração de empregos o governo acredita, através do ministro do trabalho, que serão criados em 2011 mais três milhões de empregos formais, o que com certeza confirmará o desenvolvimento pelo qual o Brasil está passando.

Por Mauro Câmara

Fonte: Economia IG



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *