Brasil e Argentina – Possibilidade de Integração Produtiva




A seleção argentina de basquete, já derrotada no mundial do esporte em partida contra a Lituânia, porém, venceu a equipe brasileira há poucos dias, restando aos jogadores do Brasil retorno amargo ao país. A rivalidade, mais acentuada no futebol, não tem sido veementemente observada no relativo à economia entre ambas as nações.

Débora Giorgi, ministra argentina da Indústria, e Miguel Jorge, ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, voltaram a ressaltar a propensão dos países estabelecerem integração produtiva em segmentos estratégicos, sobretudo na indústria automobilística.


A reunião a qual ambos estiveram presentes (Integração Produtiva no Mercosul), segundo o portal de notícias G1, foi crucial para o endosse de maior ação dos governos na permissão de financiamentos voltados ao segmento automotivo, defesa mais abrangente do mercado regional ante produtos semelhantes importados além das fronteiras do Mercado Comum do Sul e a elevação de inovações tecnológicas em autopeças.

Veja também:  Melhores Cidades para Empreender no Brasil

Miguel Jorge acastelou a linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de US$ 200 milhões para impulsionar o setor, com previsão de operação – acredita – até o final de 2010, bem como inclusão de financiamentos voltados a fábricas hermanas de autopeças que venham a aportar no Brasil.

Por Luiz Felipe T. Erdei




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *