Confiança do Consumidor Brasileiro em Investimentos no país cresce em Agosto de 2010



  

Os setores que movimentam diretamente altas cifras na economia brasileira têm agradecido amplamente o fato do sistema financeiro do país atravessar uma atual fase em que investir não é arriscar, mas sim prosperar – pelo menos é o que assinalam alguns indicadores. O consumidor brasileiro, com mais acesso ao crédito e maior poder de compra, mantém-se otimista quanto às possibilidades propiciadas pelo Brasil.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) revelou nesta terça-feira, 24 de agosto, que a confiança do consumidor da nação cresceu 0,7% em agosto ante o mês passado, totalizando atualmente 120,8 pontos. A entidade ressalta, também, boas expectativas da população para os próximos períodos – embora um desaquecimento já seja aguardado, sem grandes ressalvas.

Veja também:  Como Aplicar no Tesouro Direto




Outros pontos abalizados pela FGV foram o componente de situação atual, que saltou 0,6% e agora atinge a marca de 135,7 pontos, bem como o de expectativas, com ampliação de 0,7% no mesmo período de análise, chegando aos 112,9 pontos.

De acordo com a entidade em reportagem enunciada pela agência de notícias Reuters, o indicador de impulso para a aquisição de bens duráveis foi o fator predominante e que melhor se comportou entre todos os quesitos analisados, tanto que a alta diagnosticada em agosto foi de 16,6%, superior em 2,6% à de julho deste ano.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *