Crescimento do Varejo no Nordeste e Centro-Oeste do Brasil



  

Quando, aos estrangeiros, é perguntado qual estado ou cidade brasileira conhecem, provavelmente inúmeros responderão “Rio de Janeiro” e/ou “São Paulo”. Algumas regiões do país ainda são desconhecidas no exterior, infelizmente – pois o Brasil possui diversidade riquíssima de costumes e hábitos de norte a sul em seus territórios, desde o famigerado triângulo mineiro até o clima requintado visto no sul, bem como o calor estonteante do Norte.

A Avenida Paulista, considerada o coração financeiro do Brasil, abarca empresas de micro a grande porte, independente da área em que atuam. Porém, um estudo divulgado no princípio desta semana indica que o Centro-Oeste e Nordeste da nação, devido ao aumento de oportunidades nesses locais, fez o país ascender três posições em um ranking global da consultoria AT Kearney.

Veja também:  Tesouro Direto bate Recorde de Operações em 2016




O estudo, espelhado pelo portal de economia UOL, revela que o varejo do país passou a ostentar a quinta posição nessa lista, que conta, também, com Rússia, China e Índia, além de Chile, Peru e Uruguai entre os dez principais. Devido à alta competitividade na região Sudeste brasileira, esses locais citados anteriormente deverão puxar, de alguma maneira, novos olhares por parte de empresários, principalmente se se considerar as possíveis obras de infraestrutura à Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016. A China, assoalha a consultoria, lidera o ranking.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *