Brasil é 4º Melhor País para Investimentos, diz Ernst & Young



  

A nação brasileira passou a atrair a atenção do mundo depois de superada a crise financeira mundial em 2009. No transcorrer das semanas subsequentes aos primeiros anúncios de sucesso, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do país, conquistou importantes prêmios internacionais, entre eles de Estadista Global e líder no combate à fome e a desnutrição infantil.

Soma-se aos fatores descritos acima o clima econômico, justificado, por exemplo, pelo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre, acima, inclusive, de índices constatados nos países desenvolvidos. A palavra de ordem à nação brasileira a partir das empresas, em virtude de toda essa atmosfera, é investimentos em cima de investimentos.

Veja também:  Tesouro Direto bate Recorde de Operações em 2016

A Ernst & Young, consultoria de alcance global, indicou no início desta semana que após consultar mais de 800 executivos de companhias internacionais, o Brasil é tido como o quarto destino mais fascinante para investimentos externos num prazo de três anos, atrás, somente, dos emergentes China e Índia e o Leste Europeu.





Dados do levantamento revelam que 12% dos empresários questionados veem a nação tupiniquim como destino preferencial a aplicações financeiras, percentual inferior aos 53% relacionados àqueles que pretendem investir em três anos.

Com base nessa constatação, o Brasil já pode sonhar mais amplamente em apostar na melhoria de sua infraestrutura e áreas relacionadas. A construção civil, em vista da proximidade da Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, por exemplo, é um setor que deve redobrar suas atenções.

Veja também:  Urbe.me - Site de Financiamento Coletivo Imobiliário

Fonte: UOL

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *