Nilza anuncia Demissão de 135 funcionários em MG e SP



  

Motivos para o decreto de falências são vários, desde má administração, oscilação do mercado financeiro, desvios de verbas entre outros, numa lista sem fim. A Indústria de Alimentos Nilza, empresa que atravessa momento ruim, anunciou, recentemente, a demissão de 135 funcionários de suas unidades localizadas em Itamonte, Minas Gerais, e Ribeirão Preto, São Paulo.

Lucas Terra Gonçalves, advogado do Sindicato da Alimentação de Ribeirão Preto, assegura que Nilza fez o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e efetuou, normalmente, as rescisões para os trabalhadores conseguirem dar entrada no seguro desemprego. Já a multa de 40% do FGTS, porém, nada feito, situação que pretende resolver por meio de uma ação.

Veja também:  Salário Mínimo em 2017

O portal de economia do Estadão indica que Nilza está com suas atividades estacionadas desde abril, momento no qual a captação e processamento de leite foram interrompidos. A empresa, até o momento, aguarda interessadas em adquirir seus ativos num espaço de tempo entre 30 e 90 dias.





Somente funcionários para atuar na vigilância e maquinário da indústria foram mantidos, informação que nada adiciona aos que perderam seus empregos e estão sem os 40% do FGTS.

Fonte Estadão

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *