Queda na Inadimplência de Empresas em Abril 2010



  

O ambiente otimista produzido e sentido pelo Brasil têm surpreendido até as pessoas mais pessimistas de várias áreas, proporcionando boa visualização do país ante outras nações desenvolvidas. A questão empregatícia, por exemplo, ilustra empresários mais focados em contratar novos funcionários para um aumento presumível da demanda em virtude da expectativa do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

Convergindo ao descrito anteriormente, dados divulgados pela Serasa Experian no início desta semana assinalaram baixa de 15,3% no número de empresas inadimplentes em abril em comparação março, o maior tombo indicado de um mês para com seu anterior desde 2004. Segundo a entidade, o menor volume de títulos protestados foi o mote preponderante para o arrefecimento.

Veja também:  Britvic pode comprar Bela Ischia Alimentos




Reportagem do portal de economia Terra pondera às empresas de médio porte as maiores contribuintes para a queda, com 18,7%. Em seguida figuram as companhias de pequeno portal, com índice de 15,3%, e por último as grandes, com baque de 7,9%.

Leia mais informações aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *