PIB 2010 – Governo espera Crescimento de 8,5% no Primeiro Trimestre



  

O Produto Interno Bruto parece ser um dos pontos mais cobiçados pelo Brasil na atualidade, além, é claro, das questões envolvendo a infraestrutura e o aumento no número de postos de trabalho. Nelson Barbosa, secretário de política econômica do Ministério da Fazenda, afirmou, recentemente, que o governo brasileiro almeja um desenvolvimento de 7,5% a 8,5% do PIB nos três primeiros meses de 2010 ante o último trimestre do ano passado.

Apesar da euforia tão criticada entre alguns órgãos da imprensa estrangeira, Barbosa admite, em reportagem veiculada pelo portal de economia do Estadão, que esse crescimento não deverá se conservar ao longo deste ano, pois a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), por exemplo, teve término oficial em março último, embora alguns setores ainda adotem o benefício de maneira sensível.

Veja também:  Fnac anuncia Saída do Brasil




Caberá ao setor da construção civil e suas divisões, em especial, fazer a manutenção dos índices, primeiro porque eleva a procura por materiais de construção, ou seja, mais dinheiro circulante, e segundo porque passa a empregar maior número de trabalhadores. Se tudo correr bem, Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, conseguirá ver sua meta de 2 milhões de novos postos de trabalho até o final de 2010.

Quer ler mais informações sobre o tema discorrido por Nelson Barbosa? Acesse aqui.

Por: Luiz Felipe Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *