Recuperação Econômica deve ser Maior em Países Emergentes



  

A pauta “recuperação econômica global” é a mais difundida no atual momento, pois quaisquer medidas e quaisquer especulações podem alterar as concepções do mercado financeiro. Dominique Strauss-Kahn, diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), pondera que o ritmo de reconstrução deverá superar a estimativa de 3%, no âmbito mundial.

Embora essa suposição seja positiva, Kahn confessa que a recuperação por todos os continentes não acontece igualmente; cada país tem seu passo. De acordo com a Reuters, que parafraseou o discurso de Dominique, em matéria, a perspectiva analisada para as economias consideradas emergentes é notavelmente melhor que as demais.





Muito confiante na região asiática, o diretor acredita que a recuperação extrapolará o percentual de 7%, com exceção do Japão, que atualmente enfrenta dificuldades para voltar aos trilhos.

Segundo a autoridade, na medida em que os países emergentes se recuperarem, retirarão, gradualmente, as iniciativas de auxílio adotadas nos últimos meses. Em contrapartida, recentemente alertou que se essas retiradas ocorrerem abruptamente, a economia voltará a correr riscos.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *