Economia Japonesa irá desacelerar em 2010



  

A Segunda Guerra Mundial foi um dos capítulos mais sangrentos já ocorridos no planeta Terra. Diversos países sofreram prejuízos inestimáveis, dentre eles o asiático Japão, que teve sob seus ares o lançamento de duas bombas atômicas.

A crise financeira mundial, ocorrida no final de 2008 e no decorrer de 2009, também foi uma das mais violentas, na qual o país asiático ainda não conseguiu, efetivamente, superar. Kazuo Monma, economista-chefe do Banco Central da nação, acredita que a recuperação econômica japonesa desacelerará nos primeiros três meses de 2010, mas que não existe, mesmo assim, risco de uma grande recessão.





Para a autoridade, conforme veiculou a Reuters, as fortes exportações, em algum momento, passarão a ajudar os demais setores da economia.

Monma aproveitou para reforçar, então, que a deflação perderá sua força em virtude desse segmento, pois a demanda doméstica permanece fraca e existe, para “colaborar”, uma queda nos salários dos trabalhadores.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *