Lula defende IOF em Torno de Contas Estrangeiras



  

De acordo com cálculos proferidos por Luiz Inácio Lula da Silva, os investidores estrangeiros passaram a enxergar o Brasil como o foco global do momento. Isto porque, segundo ele, o país passou a adotar uma alíquota de 2% do Imposto sobre Operações Estrangeiras (IOF) sobre o capital externo.

Mesmo assim, avalia o presidente, ainda será necessário aguardar algum tempo para que essa nova medida amadureça. Lula defendeu, também, a taxação sob o ponto de vista das contas estrangeiras, tais como as notadas na aquisição de dólares pelo Banco Central (BC) com a finalidade de equilibrar o câmbio.





Últimos dados revelam que a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) aglomera uma alta de 63% neste ano, incentivada, pois, a partir de investimentos estrangeiros. Com base nisso, Lula prevê um déficit na balança comercial que pode se estender, inclusive, a contas correntes, o que não é viável para o Brasil, segundo ele.

Veja também:  Salário Mínimo em 2017

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *