Governo Estuda Redução Permanente da Cobrança de IPI para Produtos da Linha Branca



  

De acordo com fontes ligadas à equipe econômica de Luiz Inácio Lula da Silva, o governo brasileiro debate a possibilidade de amortizar, permanentemente, a tributação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o segmento de linha branca, que envolve fogões, geladeiras, máquinas de lavar etc.

Segundo o setor, que encontra uma espécie de alicerce no governo Lula, algumas taxas originárias do IPI são altas. O debate, pois, cerceia um arrefecimento inflexível para a linha branca, no mesmo instante em que se discute a renovação, até o final do ano, ou no mais tardar até o primeiro mês de 2010, desse imposto.





Guido Mantega, ministro da Fazenda, concentrou-se em um debate com representantes do varejo e da linha branca a fim de discutir como ficará essa taxação ao setor. Na mesma reunião, o Banco do Brasil se apresentou como um intermediário financiador para diminuir as taxas de juros ao consumidor final.

Veja também:  Receita Federal libera Programa do IRPF 2017

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *