Para Suzano, queda no preço de celulose não acontecerá em 2010



  

O custo da celulose não deverá ilustrar um baque no transcorrer do próximo ano em detrimento ao valor referencial de 700 dólares por tonelada, na Europa, de acordo com Antonio Maciel Neto, presidente da Suzano Papel e Celulose. Segundo ele, esse valor estabelecido para aquele continente entrará em vigência a partir do 1º dia de novembro.

O discurso de Neto aconteceu durante uma teleconferência com analistas e investidores do setor, no dia 26 de outubro. Para ele, os preços dificilmente cercearão algo abaixo desse valor citado.





Antonio Maciel aproveitou a ocasião para lembrar que há diversas questões envoltas em seu otimismo. A demanda na China e a possibilidade de recuperação gradativa de compras por parte dos Estados Unidos e da Europa compõe seu conceitos comerciais. Mesmo que haja qualquer queda ou diminuição na comercialização, o presidente da companhia crê que nada se comparará à última e atual crise financeira mundial.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *