Diretor da BM&FBovespa apóia uso do FGTS para compra de ações da Petrobras



  

A utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de ações da Petrobras foi endossada, há pouco, por Edemir Pinto, diretor-presidente da BM&FBovespa. O apoio a esta medida foi enunciado durante audiência na comissão especial da Câmara dos Deputados, esta, que pondera o projeto de capitalização da estatal brasileira.

Edemir apóia, além disso, o uso do FGTS não somente aos trabalhadores que selecionaram pela utilização do fundo na aquisição de ações no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas, também, aos que demonstraram a interesse em ingressar no mercado na época atual.





Para Pinto, uma das temeridades para o mercado de capitais do Brasil é o de não garantir ao trabalhador condições para o exercício de preferências, exclusivamente àqueles que já são acionistas da Petrobras e que utilizam parte do rendimento do FGTS.

Veja também:  Next - Novo Banco Digital do Bradesco

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *