Encontro do G-20 e as Reformas no Fundo Monetário Internacional (FMI)



  

Para o governo alemão, o encontro do G-20 – grupo dos 20 países industrializados e em desenvolvimento – acontecido nesta semana deveria ter tido como meta realizar debates em favor de regras para o mercado financeiro, e não como aconteceu, com debates em torno de um novo sistema de direção global.





Entretanto, para Gordon Brown, primeiro-ministro britânico, tal pleito é pensado para um longuíssimo prazo, e afirmou que a reunião do G-20 teve a regulação do mercado de finanças como tópico central. Na verdade, a Alemanha não almeja que esse seja o foco.

Segundo Christine Lagarde, ministra de Finanças da França, as nações emergentes não estão tão preocupadas com assuntos em torno de uma regulamentação financeira, mas enfocados em reformas no Fundo Monetário Internacional (FMI). É difícil pensar quem está certo e errado nesta história, isto é, se houver essa condição. É importante a utilização desses encontros para o bem-estar de todos os envolvidos, e não na evolução de opiniões contraditórias.

Veja também:  Salário Mínimo em 2017
Por Luiz Felipe T. Erdei


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *