Governo americano desativa painel de críticas a Cuba



  

Está desligado, a partir de hoje, o painel eletrônico americano que difundia críticas ao regime político de Cuba. O painel foi instalado em janeiro de 2006, no quinto andar do edifício da Seção de Comércio de Washington em Havana, sob a contrariedade do então presidente Fidel Castro.





O painel servia unicamente para espalhar mensagens, notícias e posicionamentos políticos contra o regime cubano. O desligamento é parte de uma política diplomática americana que visa restabelecer relações com Cuba, praticamente inexistentes desde a Revolução Cubana, em1959.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *